Peter Bright

Enólogo

Peter Bright é um nome incontornável na enologia em Portugal.

De origem australiana, foi no seu país que estudou enologia e onde trabalhou antes de vir para a Europa, em 1981, para assumir diferentes projectos em vários países. Em 1993, destacou-se entre a primeira tranche de “flying winemakers” australianos com projectos de vinhos de referência na Europa. Ao longo dos anos foi produzindo vinho em diferentes partes do mundo, especialmente na América do Sul, onde fez parte do movimento transformador da região de produtor a granel em produtor engarrafador de vinhos premium.

Peter Bright é reconhecido como um enólogo de grande experiência e responsável por referências de enorme qualidade, assumindo Portugal como o seu terroir mais íntimo: “Estou fascinado pelas castas e Portugal é, sem dúvida, um sítio fantástico para trabalhar diferentes castas”, confessa.

Após 30 anos de produção de vinhos de excepção, a atracção por Portugal robustece-se com o seu envolvimento com a Ímpar, S.A, na qual assume a enologia e o papel de accionista, sendo responsável pela criação das várias insígnias do portfólio.